Biblioteconomia para Concursos

Blog com notícias e análises de concursos públicos na área de Biblioteconomia

É fácil passar em concurso?

Costumo responder com freqüência essa pergunta. É curioso como as pessoas se preocupam com a facilidade das coisas. Se não for fácil, não interessa. O próprio marketing dos concursos já sacou isso e o que mais temos são gurus, cursos e livros prometendo que você vai passar em vários concursos fácil e rápido, estudando pouco. Mas afinal é fácil passar em concursos?

Preciso elencar alguns pontos antes de responder:

1 – existem candidatos bem preparados desde sempre Isso torna passar em concurso mais fácil, sem dúvida. Tenho amigos que eram primeiro de turma desde o jardim de infância, que estudaram inglês desde cedo, tiveram aulas de informática, estudaram em boas escolas, fizeram intercâmbio e etc. Uma pessoa dessas vai sentir bem menos o peso da preparação para concursos. Porém, se não se preparar, ainda com toda a base, não passa. Conheço muitos que dizem algo do tipo “fiquei em 5, se tivesse estudado tinha ficado na vaga”. Sim, sem dúvida teria ficado.

2 – existem concursos com muitas vagas – Esse é outro detalhe que muita gente parece não perceber em concursos. As pessoas se gabam de terem sido aprovadas de forma “fácil”, porém esquecem de salientar que passaram lá pela octogésima colocação e acabaram sendo chamadas. Ótimo ter concursos que chamam tantas pessoas, porém isso não torna passar em concurso fácil.

3 – existem concursos com pouca concorrência - Alguns concursos, sabe-se lá os motivos, não caem nas graças dos bibliotecários. Apesar de em grandes centros sermos muitos bibliotecários, no interior do Brasil e na região norte ainda somos poucos. Então acontece de ter concursos mais vagas que candidatos. Ser aprovado num concurso desses é ótimo e digno. No entanto, não se pode dizer que é fácil passar em concursos pois a realidade não é essa.

Nos três casos acima, aceito que se diga que foi fácil. Nos outros casos, é difícil passar em concursos. Exige dedicação e disciplina por um longo tempo. É difícil definir o tempo, pois isso depende de fatores como conhecimento prévio, ritmo de estudo e dos próprios concursos. Não existe caminho fácil. Somente esforço e dedicação levarão você a atingir o conhecimento necessário para conquistar seu lugar nos certames públicos.

Nada resiste ao esforço.

Força nos estudos!

Curso presencial em João Pessoa

O curso Biblioteconomia para concursos em João Pessoa está marcado já. Será dias 6 e 13 de junho na Central Pro Concursos, sempre pela manhã.

Adoro dar aulas e compartilhar um pouco a experiência de mais de uma década focado em concursos públicos em biblioteconomia. Sempre que tenho a oportunidade, aproveito. Agora, ja temos edital do ifpb e em breve da ufpb. Não há tempo a perder. Precisamos começar a estudar para uma preparação forte.

O curso terá 8 horas de duração, dividias em dois turnos. Iremos estudar, responder questões, falar de como responder questões e como estudar. Pretendo lançar a bola para que os participantes possam manter o ritmo de estudos depois do curso.

O curso terá um coffee break por turno. O material será composto por apostila + caderno de questões. Haverá sorteio de livros também. São apenas 50 vagas.

Espero vocês.

Força nos estudos!

Curso Biblioteconomia Para Concursos Em João Pessoa
Dias 6 e 13 de junho, Central Pro-Concursos

Inscrições

R$ 120 à vista ou deposito na conta abaixo

Caixa econômica federal
Agência 1294
Operação 013
Conta 89273-9
Gustavo Henrique do nascimento neto

R$ 120 parcelado via mercadopago
Basta clicar aqui

Contatos
Karina Lima 8833-2686
blogconcursos@gmail.com

Melhores livros livres para concursos

Temos, para nossa alegria, uma boa quantidade de livros de biblioteconomia disponíveis na selva internética. Uma parte realmente livres, disponibilizados legalmente. Uma outra parte, ilegalmente a contragosto dos autores e editores. É tanta opção que acaba mais atrapalhando que ajudando. Imagino a angústia de quem se sente afundado em tanta informação. Por isso, separei uma lista simples, com poucos títulos, todos livres, que realmente são pedidos em concursos. Para completar, também acrescentei alguns livros em inglês e espanhol.

Espero assim diminuir um pouco a ansiedade concurseira.

Melhores livros livres para estudar para concursos

Inteligência e Conhecimento

http://livroaberto.ibict.br/bitstream/1/465/1/Inteligencia,%20informa%C3%A7%C3%A3o%20e%20conhecimento.pdf

Bibliotecas Públicas: Avaliação de serviços

http://www.uel.br/editora/portal/pages/arquivos/biblioteca%20publica_digital.pdf

Bibliotecas digitais

http://livroaberto.ibict.br/handle/1/1013

Fundamentos da Organização e Representação do Conhecimento

http://www.loja.edufpe.com.br/portal/spring/livro/detalhe/71

Linguagem Documentária

http://www.uff.br/ppgci/editais/linguagem.pdf

Para saber mais

http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/15121/3/LIVRO_ParaSaberMais.pdf

Técnicas para tomada de decisão

http://repositorio.unb.br/handle/10482/14812

Classificação

http://livroaberto.ibict.br/handle/1/998

Estudos de usos e usuários de informação

http://livroaberto.ibict.br/handle/1/452

Guia para utilização da CDU

http://livroaberto.ibict.br/handle/1/772

Introdução geral à Biblioteconomia

http://livroaberto.ibict.br/handle/1/1007

Metodologia para avaliação de produtos e serviços de informação

http://livroaberto.ibict.br/handle/1/785

Tesauro

http://livroaberto.ibict.br/handle/1/454

Glossário de termos técnicos em Ciência da Informação

https://www.marilia.unesp.br/Home/Publicacoes/glossario.pdf

Conservação de acervos bibliográficos

http://consorcio.bn.br/consorcio/manuais/manualconservacao/manualjame.pdf

Introdução ao método delphi

http://eprints.rclis.org/12888/

EM INGLÊS E ESPANHOL

Gestão estratégica: planejamento

http://eprints.rclis.org/24627/1/GESTION%20ESTRATEGICA.PLANEAMIENTO.pdf

Introdução à documática

http://eprints.rclis.org/24735/1/Documatica.pdf

Recuperação da informação

http://eprints.rclis.org/16262/

Serviço de referência virtual

http://eprints.rclis.org/12495/

Introdução ao acesso aberto (inglês)

http://eprints.rclis.org/24870/

Cabeçalho de assunto e PRECIS (inglês)

http://eprints.rclis.org/11892/

Introdução ao RDA (inglês)

http://www.npc.edu/sites/files/shared/library/Introducing%20RDA.pdf

Fundamentos de Biblioteconomia (inglês)

https://www.unilorin.edu.ng/publications/issaao/Fundermentals%20of%20Library%20and%20Information%20Science.pdf


Força nos estudos!

Curso Biblioteconomia Para Concursos EAD Turma 2 2015

Inscrições abertas para a turma 2 do Curso Biblioteconomia Para Concursos EAD.

Cada nova turma, o curso melhora, ganha corpo, novos materiais e novas atividades. É como se uma turma ajudasse a outra, pois o conhecimento gerado numa turma ajuda o desenvolvimento da próxima. É o que chamamos de compartilhar conhecimento.

O curso disponibiliza vários tipos de materiais de estudo, objetos de aprendizagem, que permitem que cada participante encontre a melhor forma de estudar e aprender. Já desenvolvemos um estudo sobre estilos de aprendizagem que pode ser lido aqui. São textos, vídeos, slides, mapas mentais, games, e muitos exercícios, além de atividades como fóruns, simulados e testes e um banco de questões de provas de concursos. Por ser online, não há nenhuma atividade síncrona, ou seja, em tempo real. Todas as atividades e todos os materiais podem ser acessados a qualquer momento.

É muito gratificante trabalhar com alunos de todas as partes do país e em diferentes estágios da “estrada dos concursos”. Assim, podemos tirar dúvidas mais básicas até mesmo explicar questões complexas que exigem pesquisa até em textos estrangeiros. A ideia é aprendermos juntos. Ninguém é dono do conhecimento e a informação é livre.

O curso dispõe dos módulos abaixo, além de um módulo de atividades

Introdução ao curso.
Documentação
Biblioteconomia e ciência da informação
Normas técnicas para a área de documentação
Resumos e índices
Indexação
Catalogação (AACR-2, RDA, RFRB)
Classificação
Serviço de referência
Estudo de usuário
Organização e administração de bibliotecas
Desenvolvimento de coleções
Noções de informática para bibliotecas
Automação
Publicações Oficiais
Preservação, conservação e restauração de documentos, acervos bibliográficos e conservação digital
Legislação bibliotecária
Dicas gerais para provas discursivas
Ergonomia
Fontes de informação

Alguns assuntos que aparecem em programas de concursos de biblioteconomia são cobertos dentro desses tópicos. Nosso curso cobre bem a gama dos assuntos pedidos pelo programa de concursos das principais organizadoras, como FCC, CESPE, CESGRANRIO, FGV, e está sempre crescendo.

Curso Biblioteconomia para Concursos Turma 2 2015
O curso tem 2 meses de duração (08 de junho a 08 de agosto) com acompanhamento do professor.
Você tem um total de 150 dias de acesso a plataforma do curso a partir da data de sua matrícula.
O conteúdo integral do curso é liberado na data inicial em 08 de junho.
Dificuldades com acesso? suporte@personates.com
R$399,00
MATRICULE-SE CLICANDO AQUI
IMPORTANTE
Utilize uma conta de email pessoal de serviços como Google ou Yahoo para matricular-se. Contas de email institucionais e de plataformas de serviços antigas como Hotmail, Bol, iG, costumam bloquear os emails enviados pelo nossa plataforma de cursos, como os de recuperação de senha e avisos do professor.

Força nos estudos!!!!

Estrada dos concursos

“Estrada dos concursos” é como eu chamo o caminho para atingir aquele cargo público tão almejado. Alguns ficam no primeiro concurso em que são nomeados. Para estes, a estrada encerrou ali. Outros são nomeados mas seguem o caminho, mantém o ritmo, seguem o curso.

Ao longo desses mais de 10 anos (eu me surpreendo como o tempo passa) conheci vários estudantes para concursos. Nos cursos que ministro, sempre vejo um perfil variado. Ensinar para concurso é bem difícil, pois a turma é bastante heterogênea no conhecimento. Mas todos tem o mesmo objetivo.

Numa mesma turma, temos estudantes de graduação, recém-formados que estão com todo o conhecimento ainda fresco na mente, temos bibliotecárias e bibliotecários de bibliotecas escolares, universitárias, jurídicas, especializadas… temos também professores, temos pessoas que estão há muito afastadas dos estudos, pessoas que apenas se formaram mas nunca exerceram a profissão. Cada uma delas começa a “estrada dos concursos” em um ponto diferente de conhecimento, e com um ritmo diferente de velocidade. Uma pessoa que trabalhe com catalogação provavelmente irá precisar estudar menos este assunto, porém poderá ter que estudar muito um outro tema igualmente complexo. Por isso não podemos nos vangloriar do ponto onde começamos, pois ele pode nos trair.

O diferencial não está na velocidade nem de onde você começou, está na persistência. Num paralelo com o mundo das corridas, andar muito rápido aumenta o desgaste e exige reparos. Mas nem todos que param conseguem voltar. Uma coisa que me deixa particularmente triste é quando vejo alunXs desistirem de estudar para concursos. Manter o ritmo a 80 por hora também exige muito, pois toma muito tempo. Tive alunXs que levaram 3, 4 anos até conseguir figurar entre as primeiras posições de um concurso. Mas nunca desistiram. Nada resiste ao esforço, nem mesmo os concursos.

Não importa onde você está nessa estrada, importa como você vai se comportar uma vez que está nela.

Força nos estudos!!!!

CURSO PREPARATÓRIO PARA CONCURSOS PÚBLICOS DE BIBLIOTECAS JURÍDICAS

A DATA COOP REALIZARÁ CURSO PREPARATÓRIO PARA CONCURSOS PÚBLICOS DE BIBLIOTECAS JURÍDICAS / Convênio SESCOOP/UERJ

CARGA HORÁRIA: 15 horas/aula
DATAS: Sábados – 16, 23 e 30 de maio
HORÁRIO: 8 às 13 Horas
ENDEREÇO: (RJ) Local a definir

Investimento: Por inscrição, com a seguinte diferenciação: Estudantes de Biblioteconomia: R$ 290,00; Bibliotecários: R$ 350,00.
Pagamento depósito em conta:
Para : DATA COOP – COOPERATIVA DE BIBLIOTECÁRIOS, DOCUMENTALISTAS, ARQUIVISTAS E ANALISTAS DA INFORMAÇÃO LTDA.
CNPJ: 01596552/0001-77
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AG: 4144
Operação 003
Conta 790772-8
Confirmação por EMAIL – wilsy@datacoop.com.br
Inscrição: wilsy@datacoop.com.br

Inscrições até dia 10/05/2015

JUSTIFICATIVA
O crescente espaço no mercado de trabalho de Biblioteconomia, principalmente a grande oferta de vagas no serviço público, no Poder Judiciário, motiva estudantes e profissionais da área a procurarem cada vez mais capacitação para prestar concursos a fim de aproveitar o volume de oportunidades disponíveis, o que impulsiona a criação de cursos especializados na área jurídica para atender à demanda destes candidatos.

OBJETIVOS / RESULTADOS ESPERADOS
O curso visa preparar os candidatos para concursos públicos na área de bibliotecas jurídicas.

CONTEÚDO_PROGRAMÁTICO:
Classificação Decimal de Direito (CDDir), CDD e CDU (classe de Direito); Normas técnicas para a área de documentação (Documento jurídico); Indexação (jurídico); Catalogação (jurídico); Serviço de referência e o bibliotecário jurídico; Desenvolvimento de coleções (bibliotecas especializadas); Fontes de informação em Direito e Informação jurídica.

PRE-REQUISITOS
Não há pré-requisitos

INFRA-ESTRUTURA
* Apostila com conteúdo e questões de provas

* Coffee-break

DEMAIS INFORMAÇÕES
Vagas: até 50 alunos, mínimo de 20.

CURRICULO DA INSTRUTORA
Instrutora: Klara W. Freire

Graduada em Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), ministra palestras e cursos especializados na carreira do bibliotecário no serviço público. Primeiro lugar no concurso de 2012 do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, órgão no qual trabalha atualmente. Acumula aprovações nos seguintes certames: 2º lugar na Casa da Moeda – seu primeiro, ainda graduanda de Biblioteconomia -, 4º lugar na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), 3º lugar na UFRJ – onde trabalhou por quase dois anos, até ingressar no Poder Judiciário – e, mais recentemente, 7º lugar na Petrobras, dentre outros

Mapeamento de questões de concursos

Excelente o trabalho da Juliane Cássia da Luz, em seu TCC na UFRGS, intitulado QUESTO?ES DE CONCURSOS EM BIBLIOTECONOMIA:
mapeamento tema?tico
, sob orientação da Profa. Dra. Samile Andre?a de Souza Vanz.

Fico muito feliz de ver que os concursos estão sendo estudados e tomados a sério pela academia. Existem vários aspectos que devem ser levados em conta no universo dos concursos, e eles devem ser estudados pois atingem diretamente uma boa parcela da população brasileira.

A pesquisa da Juliane utilizou mais de 1300 questões e buscou mapear os temas dessas questões tomando por base o currículo da graduação. Nisso nós já percebemos como os concursos diferem da academia, pois os programas de concursos são bem mal feitos, trazendo alguns temas bem específicos e outros bem amplos.

A pesquisa encontrou que os assuntos mais solicitados foram da área de representação da informação, nessa ordem: normalização, classificação e indexação, e catalogação. Depois bem formação e desenvolvimento de coleções.

Na minha opinião fica claro que a parte técnica é a parte mais valorizada nos concursos. Creio que em razão da necessidade desse perfil de profissional no setor público.

Vale a leitura.

Parabéns pelo trabalho para a Juliane e sua orientadora.

Força nos estudos!

Dia do bibliotecário

Hoje, 12 de março, comemoramos o dia do Bibliotecário, data escolhida em homenagem ao nascimento de Manuel Bastos Tigre (1882-1957), bibliotecário, escritor e poeta, que contribuiu de forma expressiva para o crescimento da profissão. Mas, o que é ser bibliotecário? Antes de tudo faz-se necessário ter o curso superior em biblioteconomia instituído pela Lei 4.084 de 1962, regulamentado pelo Decreto nº 7265 de 1965, incluindo o ofício no quadro das profissões liberais pela Consolidação das Leis do trabalho (CLT).
Podemos definir o “Ser Bibliotecário” como um mediador entre a sociedade e o conhecimento registrado nos mais diversos suportes. Entre as atribuições desse profissional estão o planejamento, a organização, o tratamento técnico dos materiais bibliográficos ou não, desenvolvendo recursos informacionais, gerenciando em bibliotecas, centros de documentação, administrando informações em empresas na área de comunicação como televisão, rádio, jornais. Além de desenvolver difusão cultural e ações educativas em centros culturais, atuando na rede de ensino e pesquisa, na tecnologia da informação direcionada aos bancos e bases de dados, no gerenciamento eletrônico de documentos, consultoria ou acessória especializada em empresas e na participação em órgãos de classes.
Contudo, para que possamos atuar na área com maior desenvoltura, é preciso ter como referência os recursos oferecidos pelas novas tecnologias. Estes nos levaram a novos paradigmas da profissão, nos colocando além das paredes da tradicional biblioteca e do balcão de atendimento aos usuários, que hoje podemos chamar de clientes, fazendo refletir criticamente sobre a realidade que os envolve, buscando um aprimoramento contínuo e padrões éticos de conduta, interagindo com o tecnológico e o social no processo de desenvolvimento científico, educacional e cultural da sociedade, sendo um ser proativo em todo o processo da informação que vai da geração, organização, transferência e aplicação da informação para transformação do ser.
Sobretudo, não poderíamos deixar de defender a importância da leitura e seu compromisso com o cliente-leitor nas bibliotecas ou órgãos que têm como requisito principal a formação de leitores. Para que essa difusão aconteça além dos dados estatísticos, é importante a presença de bibliotecários nas escolas públicas e nas empresas que armazenam e produzem informações, assim fazemos jus ao nosso juramento profissional: “Prometo tudo fazer para preservar o caminho liberal e humanista da profissão de Bibliotecário, fundamentado na liberdade de investigação científica e na dignidade da pessoa humana”.
Marcos Antônio Soares ( Escritor e bibliotecário da UFPE)

Promoção dia do bibliotecário

REGULAMENTO
1. Curtir a página da Leiturateca no facebook (https://www.facebook.com/Leiturateca?fref=ts);
2. Curtir a página do Biblioteconomia para concurso no facebook (https://www.facebook.com/BiblioteconomiaParaConcursos?fref=ts);
3. Compartilhar a imagem da promoção em modo público em seu mural;
4. Entrar no link (https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/432805 ) e clicar em Quero Participar
* O resultado será divulgado no dia 12/03/2015 a partir das 20h00 (horário de Brasília) na página da Leiturateca e no Biblioteconomia para concurso.
* Para participar, a pessoa deve residir dentro do território brasileiro.
* O vencedor deverá entrar em contato através do facebook no prazo de 02 dias. Caso o vencedor não entre em contato neste período, será realizado um novo sorteio
.* Caso o ganhador não cumpra quaisquer das regras descritas acima, o mesmo será desclassificado e perderá o direito ao prêmio
* Ao participar do sorteio, você concorda com todos as regras e termos descritos acima.
ATENÇÃO: OS PRIMEIROS 4 ITENS SÃO OBRIGATÓRIOS!!!
Só será validada a premiação do ganhador que cumpriu devidamente os itens listados acima.
SIGA CORRETAMENTE O REGULAMENTO! BOA SORTE!
?#?promoção? ?#?diadobibliotecario? ?#?bibliotecário
Leiturateca
O ato de ler com estilo
Nosso facebook e Pinterest
Novidades e promoções exclusivas

Mapeamento de questões de representação descritiva em concursos públicos

Muito, mas muito bacana este TCC Mapeamento das questões de representação descritiva nos concursos públicos de biblioteconomia, de Cynthia Cavalcante Pinheiro, orientada pela Dra. Naira Silveira(co autora do livro Catalogação no plural), da UNIRIO.

A pesquisa desenvolveu-se com provas realizadas na cidade de Brasília entre 2010 e 2014. E encontrou que 11,61% das questões de concurso abordam representação descritiva(catalogação etc.). Porém, ainda abordam pouco temas como RDA e RFRB. Vale a pena ler para ver a pesquisa completa.

Esse percentual significa 5 ou 6 questões numa prova de 40 a 50 questões. É um bom número, mostra que não se pode saber representação descritiva apenas no “mais ou menos”.

Acho muito válido este esforço de escrever sobre concursos públicos. Acho que de modo geral a academia está alheia quanto a esse verdadeiro fenômeno nacional. Fico feliz quando vejo pesquisas bem conduzidas sobre o tema, especialmente na área de biblio. Parabéns para a autora e para a orientadora. Torço para que em uma pós-graduação a pesquisa continue.

Força nos estudos!

Excesso de informação ou excesso de estudos?

Sabemos, especialmente quem lida diariamente com informação, que vivemos um período de abundância, excesso de informação. Todo excesso é prejudicial, até o de amor. Imagine excesso de informação para concursos públicos.

O excesso de informação confunde, atrasa e esvazia. Confunde pois oferece muitas opções, e sempre haverá a duvida se se deve estudar por essa, aquela ou aquela outra. Atrasa pois esse período de decisão leva um tempo e pode levar muito mais tempo, especialmente quando se começa a estudar por uma fonte, descobre-se que nao é o ideal, vai pra outra, e assim por diante. E esvazia pois ter tudo é o mesmo que não ter nada se você não sabe o que fazer.

Uma vantagem de estudar para concursos em biblioteconomia é justamente a pouca literatura. Não temos mais que 1 ou 2 livros por assunto. Para o desenvolvimento da área isso é péssimo, mas para estudar isso é ótimo. Então, por qual motivo buscar o excesso de informação? Alguns participantes dos meus cursos vem se preocupando demasiado em ter muitas opções para estudar, em reunir muito material, em resolver muitas provas. Para mim: menos é mais também aqui. Usando Lancaster como exemplo, você não precisa ler mais do que o seu livro para fazer bem qualquer prova de indexação. Somente depois de dominar o seu livro é que eu sugiro ler outros livros e artigos sobre indexação. Um é a base que sustenta o restante. E isso serve também para outros, ou quase todos, assuntos da Biblio.

Também vejo pessoas preocupadas demais em responder provas o tempo todo, quanto mais melhor, dizem, porém sem ter a base necessária para poder aprender com questões. Vamos com calma.

Excesso de informação não é excesso de estudos. E nenhum dos dois é excesso de aprendizado.

Aprender é um processo lento. Temos que acompanha-lo.

Força nos estudos!

Curso Biblioteconomia Para Concursos EAD 2015 Turma 1

Estão abertas as incrições para a primeira turma do Curso Biblioteconomia Para Concursos EAD em 2015.

Para esta nova turma, a novidade é que os 5 primeiros módulos serão liberados assim que o pagamento for confirmado. Assim não será preciso aguardar até a data de início do curso para começar a estudar. Uma requisição comum entre nossos estudantes que esperamos atender assim.

O curso é baseado em objetos de aprendizagem, para que cada aluno possa escolher o que e quando estudar. Ou seja, através de vídeos, jogos, textos, slides, mp3, e outros conteúdos, cada participante traça sua estratégia de aprendizagem. Sempre contando com o nosso acompanhamento. Os fóruns são a forma como nos comunicamos, tirando dúvidas e lançando novas atividades ao longo do curso. E sempre estamos disponíveis para quaisquer dúvidas ou solicitações a mais.

Outra novidade é que agora são 150 dias de acesso, embora o curso tenha duração de 2 meses. Ou seja, muito mais dias para acessar o conteúdo do curso.

Entre outros, os tópicos são:

Introdução ao curso.
Documentação Biblioteconomia e ciência da informação
Normas técnicas para a área de documentação
Resumos e índices
Indexação
Catalogação (AACR-2, RDA, RFRB)
Classificação
Serviço de referência
Estudo de usuário
Organização e administração de bibliotecas
Desenvolvimento de coleções
Noções de informática para bibliotecas
Automação
Publicações Oficiais
Preservação, conservação e restauração de documentos, acervos bibliográficos e conservação digital
Bibliografia
Catálogo: Tipos e funções.
Legislação bibliotecária
Dicas gerais para provas discursivas
Ergonomia
Fontes de informação

Sempre lembro que é um trabalho que iniciou em 2010 e ao longo desse tempo já preparou e ajudou muitos bibliotecários a atingirem seus objetivos nos concursos públicos. Tivemos cerca de 800 alunos desde então.

Curso Biblioteconomia para Concursos Turma 1 2015

O curso tem 2 meses de duração (23 de fevereiro a 23 de abril) com acompanhamento do professor.

Você tem um total de 150 dias de acesso a plataforma do curso a partir da data de sua matrícula.

O conteúdo integral do curso é liberado na data inicial em 23 de fevereiro.

Dificuldades com acesso? suporte@personates.com

R$399,00

MATRICULE-SE CLICANDO NESTE LINK

Força nos estudos!!

Tipologia de questões de concursos

Tipologia de questões de concursos.

Nesse livro resgatei minha veia bibliotecária e fui em busca de uma classificação de questões de concursos. Os concursos apresentam questões objetivas onde o candidato devem apontar a resposta correta de acordo com o enunciado. Porém, os enunciados e as formas de pedir a questão correta são bastante variados. Isso sempre me incomodou, enquanto concurseiro e enquanto professor. Pois vejo diversas pessoas que apesar de conhecer o conteúdo erram na interpretação da questão.

Existem vários tipos de questões de concursos e procurei tipifica-las no livro. A divisão maior é entre questões de ABCDE e questões de C ou E. Dentro de cada uma, vários outros tipos. Questões de ligar colunas, de completar, de responder, até questões de marcar a alternativa errada !

Espero que este livro traga novas formas de ler e interpretar as questões de concursos.

Força nos estudos!!!

Informações
R$ 25 (frete cortesia)
Adquira pelo email mariajneto2@hotmail.com

20141226-133003.jpg

20141226-133012.jpg

20141226-133028.jpg

Carta aberta ao Governador de Pernambuco Paulo Câmara

Carta ao Governador Paulo Câmara
Excelentíssimo governador eleito para o mandato 2015-2018, venho através desta carta informar que a Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco precisa do seu olhar generoso junto com a sua equipe, para que ela faça jus a sua importância ao Estado de Pernambuco e ao Brasil. Com seus 162 anos de existência para a sociedade pernambucana, com um acervo estimado em 270 mil livros e 370 mil volumes de periódicos e um prédio que abriga diversos setores onde os usuários utilizam serviços de pesquisas, estudos, empréstimos de livros, etc, onde também há um auditório para eventos sociais e culturais, espaço para exposição, setor de braille, obras raras, coleções de autores pernambucanos ou radicalizados, unidade de assistência às bibliotecas públicas municipais, uma biblioteca viva e útil, situada em Santo Amaro, ao lado do Parque 13 de maio, de ótimo acesso para a população, a Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco vem enfrentando diversos problemas de infra-estrutura que, segundo matérias jornalísticas divulgadas na imprensa local, já faz alguns anos que a reforma prometida ainda não aconteceu por completo. Diante deste cenário, terça-feira, dia 28 de outubro do ano corrente, foi denunciado na reportagem do Bom Dia Pernambuco da Rede Globo, o estado em que o prédio se encontra. Essas imagens deixaram o público e os profissionais de informação tristes com a realidade atual da biblioteca pública do nosso Estado.
Sabemos que lá são encontrados excelentes profissionais, dedicados ao desenvolvimento de coleções e aos usuários (clientes) dos serviços e produtos oferecidos pela casa. Mas a questão não é de recursos humanos, mas sim da burocracia da administração pública e da ausência de uma cobrança sistemática da sociedade. Compete ao poder público viabilizar as reformas tão esperadas e necessárias a essa biblioteca, que é uma das mais ricas em edições de obras raras no País. Ficaria feliz se o senhor visitasse esse espaço que eu tenho muito respeito, foi onde eu comecei meus estudos na biblioteconomia. Um patrimônio público que deve ser cuidado e preservado pela sua história. O senhor, sabendo e vendo a realidade da falta de infra-estrutura da Biblioteca Pública, poderá dar uma oxigenação junto com seu secretariado, terminando essa reforma, para que todos os setores voltem a funcionar. A sociedade agradecerá muito. Que essa biblioteca se torne um cartão postal de referência nacional em educação e cultura nesse Estado que o senhor governará. Como disse um dia o bibliófilo José Mindlin: “O papel da biblioteca, além da leitura, é da preservação da cultura – a gente passa, mas os livros ficam.”
E nós leitores, pesquisadores, bem como a população de um modo geral, precisamos da biblioteca, pois ela, junto com os nossos mestres, colabora na construção da cidadania e na preservação da memória de um povo.
Atenciosamente,
Marcos Antônio Soares.
Escritor e bibliotecário da UFPE.

Serviço de referência digital

Ótimos slides da Professora Celia Dias. A Professora foi muito feliz em se preocupar com os conceitos. Vale a pena.

Força nos estudos!!!

« Older posts