Biblioteconomia para Concursos

Blog com notícias e análises de concursos públicos na área de Biblioteconomia

Provas discursivas

Provas discursivas são aquelas provas de questões abertas, em que o candidato deve responder uma pergunta escrevendo o que sabe. São raros os concursos para bibliotecário que colocam esse tipo de prova.Provas assim exigem, além de conhecimento, boa caligrafia, boa gramática, boa ortografia e, o principal, estilo claro e conciso. Nada que não se consiga com muito estudo.

Pego como exemplo a prova do BNDES/2006. Vamos analisar algumas questões dessa prova.

2 Uma bibliotecária, após rigorosa avaliação, resolve descartar o exemplar único de um item da biblioteca em que trabalha. O descarte, no âmbito da Biblioteconomia, exige procedimentos que garantam a efetiva retirada do item do acervo. Enumere esses procedimentos, considerando que a Biblioteca mantém em operação uma base bibliográfica em dois formatos: em fichas e em linha.

Como eu daria a resposta: Ele pede para enumerar os procedimentos para descarte do exemplar único de um item da biblioteca. Perceba que no enunciado ele já fala que a bibliotecária tomou essa decisão após rigorosa avaliação. Logo, esses procedimentos estão ligados unicamente à parte “braçal” da coisa. Ou seja, fazer todos os registros do livro sumirem da biblioteca. Eu teria colocado: baixa no livro de tombo, e retirada de todas as fichas e de todos os registros do catálogo automatizado. Teria escrito pouco. A resposta padrão foi:

A resposta exige conhecimentos sobre controle de catálogos (catalogação), desenvolvimento de coleções e
rotina básica de biblioteca.
Procedimentos:
• baixa no livro/catálogo de registro ou tombo;
• retirada de todas as fichas do catálogo em fichas – principal, secundárias e remissivas/referências;
• retirada da entrada principal no catálogo em linha e, conseqüentemente, de todas as entradas relativas
ou alteração do status do item no catálogo;
• baixa da indicação do item do catálogo auxiliar biobibliográfico ou de identidade, se ocorrer;
• baixa da indicação do item do catálogo de rubrica de assunto, se ocorrer;
• retirada das fichas do catálogo topográfico;
• indicação do descarte, no livro descartado, à luz dos conceitos de conservação de suportes e de
memória do colecionismo.

Considero essa questão de fácil a média. Dos 10 pontos que ela valia, acredito que com minha resposta conseguiria uns 7. Vamos para outra pergunta:

5 Defina recursos intangíveis, analise sua importância como vantagem competitiva e explique como o bibliotecário pode alcançar resultados superiores por meio de sua utilização.

Essa questão é de ordem, digamos, mais teórica que prática. Ele pede para definir, e isso é sempre complicado. Essa eu nem tentei responder. Vejam só o nível da “resposta padrão”:

QUESTÃO 5Definição de Recursos intangíveis

“Wernerfelt define recursos como algo que pode ser pensado como um ponto forte ou fraco da firma, ou
como aqueles ativos (tangíveis ou intangíveis) que estão associados de forma semi-permanente na
empresa.
O conhecimento, por exemplo, é um recurso que pode e deve ser gerenciado para melhorar a performance
da empresa. A fonte desse conhecimento é sempre um processo de aprendizagem organizacional.
Recursos intangíveis são, portanto, o resultado do conhecimento acumulado e que podem proporcionar
vantagem competitiva para a empresa.
O conhecimento organizacional é estratégico, pois não pode ser negociado ou facilmente replicado por
competidores; é acumulado lentamente ao longo do tempo. Quanto mais específico à firma for o ativo, mais
durável ele será e mais difícil será para os competidores imitá-lo – daí, seu status de ativo estratégico.

Importância dos recursos intangíveis como vantagem competitiva

Nos últimos anos, uma abordagem estratégica, que combina a análise interna e externa da organização,
tem emergido. Sua premissa básica é que os recursos internos à organização comandam o desempenho da
empresa (“visão da empresa baseada em recursos”). Essa abordagem propõe que os recursos internos à
empresa sejam os principais determinantes de sua competitividade, em oposição à abordagem da análise
da indústria (“determinismo ambiental”), na qual o principal determinante da competitividade da empresa é
sua posição na indústria.
Mais importante que unidades estratégicas de negócios que obstruem a difusão do conhecimento pela
empresa, é a habilidade em construir, a menor custo e mais velozmente que os competidores, as
competências essenciais que originarão produtos não esperados – trata-se da compreensão do
conhecimento como um recurso estratégico.

Ação do Bibliotecário
Nesse contexto, o Bibliotecário pode alcançar resultados superiores priorizando a utilização de recursos
(tradição na economia), através de seu conhecimento especializado e competência, de sua visão da
biblioteca como um conjunto de recursos (Penrose, 1959), da compreensão da relação entre recursos e
produtos e, principalmente, de seu papel proativo.”

Bom, essa prova do BNDES quem fez foi a CESGRANRIO. Podem baixar a prova e as “respostas padrão” lá, e ir treinando. Vale a pena.

Sucesso.

3 comentários

  1. ADOREI ESSA REPORTAGEM GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE AS PROVAS ,ESTAREI FAZENDO O CONCURSO DE BIBLIOTECARIA NA PREFEITURA DE SÃO PAULO.ME AJUDEM ,DESTE JA AGRADEÇO .ABRSS

  2. olá!sou estudante da UNIRIO-Biblioteconomia! quais são os livros, em sua opinião, que são leitura obrigatória para quem está se preparando para concursos?

  3. mesmo estando no 5º período, fiz a prova da UFRJ, fui até bem, pois já estou me preparando de agora. Mas tenho um pouco de dúvidas em relação à qual bibliogafia frisar.agradeço desde já pela atenção.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>