Questões abertas

by Gustavo Henn on 7 de maio de 2008

Ultimamente tenho recebido e-mails preocupados com as questões abertas, discursivas, que estão sendo exigidas por mais concursos. Por um lado, essas questões são boas, pois não é avaliado apenas o conhecimento do candidato, mas também como ele se expressa. Por outro, a avaliação ganha subjetividade, o que nem sempre é bom.

Eu tenho pouca coisa de questões discursivas, mas resolvi reuni-las a fim de fazer um breve comentário sobre elas neste post.

Para responder uma questão de concurso, qualquer uma, a leitura cuidadosa do enunciado é fundamental. Conheço gente que é capaz de responder acertadamente uma questão mesmo sem saber do que se trata, apenas lendo o enunciado. Alguns enunciados já trazem a resposta em si. Reparar isso, porém, exige leitura e atenção. É importante ler sempre mais de uma vez. Ler e reler, pensar e refletir, e só depois escrever e responder. É, na minha opinião e observação, um erro ler uma questão e já respondê-la de imediato. Repito: releia a questão antes de respondê-la. Depois de reler, reflita. E só depois comece a escrever. É sobre esse meio tempo entre a reflexão e a escrita que vou comentar.

Muitas vezes vou utilizar a técnica que chamo de “palavra-chave”, Rodrigo quem me ensinou, e que consiste em identificar no enunciado uma palavra-chave sobre a qual devemos refletir e direcionar nosso pensamento.

Questões da prova da Sudecap – FUNDEP 2007.

Questão 01
Considere a leitura técnica realizada por bibliotecários e DISCORRA sobre o conceito,
propósitos e os limites dessa modalidade de leitura.

A palavra-chave para essa questão é a leitura-técnica. Leitura técnica é aquela leitura que nós bibliotecários fazemos antes de indexar/classificar/catalogar um livro. Essa leitura busca identificar os principais elementos do livro que possam representá-lo, ou seja, assuntos, autor e etc. Lancaster apresenta uma lista das partes de um livro que um indexador deve ler.

Questão 02
DISCORRA sobre o conceito de Sociedade da Informação e analise o papel do bibliotecário
nesse contexto.

Nesta questão, mais do que na anterior, é importante refletir sobre o que pede o enunciado. Pois talvez a resposta precise ser um tanto curta, e o tema dá muito pano pra manga.

Prova do BNDES – CESGRANRIO 2006

1 O SciELO é uma fonte terciária brasileira que informa e dá acesso a várias publicações na Internet. Descreva esta fonte e aponte seu objetivo, mecanismos de acesso, órgãos envolvidos na sua concepção e serviços e produtos que oferece.

Antes de falar do SciELO propriamente, é bom refletir um pouco sobre as bibliotecas digitais – por quê o enunciado coloca que é uma fonte terciária? – a partir disso já é possível descrever a fonte e apontar seus objetivos. O resto, só conhecendo o SciELO mesmo.

2 Uma bibliotecária, após rigorosa avaliação, resolve descartar o exemplar único de um item da biblioteca em que trabalha. O descarte, no âmbito da Biblioteconomia, exige procedimentos que garantam a efetiva retirada do item do acervo. Enumere esses procedimentos, considerando que a Biblioteca mantém em operação uma base bibliográfica em dois formatos: em fichas e em linha.

Questão interessante. Não sei dizer se na correção eles consideraram as etapas do descarte com base em algum autor específico, mas se não fizeram isso, quem pensou sobre o processo fez bem. Lembrando que se a base bibliográfica está em dois formatos, deve-se considerar as etapas do descarte que envolvem os dois.

3 A satisfação do usuário é um critério fundamental para avaliar a eficácia e a qualidade dos recursos informacionais. Para isto, há que conhecer os usuários e envidar esforços para que utilizem eficientemente o serviço de informação. Considerando este ponto de vista, explique o que significam os termos eficiência, eficácia, usuário real e usuário potencial, estudos de uso e estudos de usuário, indicando suas relações e distinções, sob o contexto do planejamento, organização e administração
de um serviço de informação com qualidade.

A questão pede não uma definição isolada de cada conceito, mas um texto que relacione uns com os outros. Mais uma vez, é importante fazer essa relação na mente antes de iniciar a escrita.

4 As cinco “Leis da Biblioteconomia”, formuladas por Ranganathan, podem orientar as decisões sobre a avaliação de bibliotecas e o estabelecimento de critérios e métodos. Indique qual é a primeira dessas cinco Leis, descrevendo sua contribuição fundamental à avaliação de acervos e serviços.

A palavra chave é “avaliação”. A primeira lei de Ranganathan é “os livros são para usar”. A reflexão, para mim, deve ser feita no sentido de avaliação de uso – e aí se coloca avaliação de uso de acervos e avaliação de uso de serviços.

5 Defina recursos intangíveis, analise sua importância como vantagem competitiva e explique como o bibliotecário pode alcançar resultados superiores por meio de sua utilização.

A palavra-chave é “intangível”. Depois de uma boa reflexão sobre ela, fica fácil responder a questão.

Prova da UFRN – COMPERVE/UFRN 2008

1. Atualmente, o processo de produção de informações, principalmente as de cunho técnicocientífico,
exige do bibliotecário-documentalista novas habilidades.
Explique por que tais habilidades são necessárias a fim de que esse profissional desempenhe
satisfatoriamente suas funções.

Palavra-chave: Novas habilidades dos bibliotecários.

2. Na gestão de bibliotecas, a política de desenvolvimento de coleções é um instrumento de
fundamental importância para nortear o processo de formação do acervo.
Descreva as etapas que envolvem esse processo.

Palavra-chave: Processo. Aqui, para mim, quem deu ênfase ao fato da Formação e Desenvolvimento de Coleções ser um processo – e por isso não ter começo nem fim – ganhou pontos.

3. O Portal Periódicos Capes, constituído de material informacional diversificado, tem
contribuído decisivamente para o ensino e a pesquisa no Brasil. Caracterize esse portal.

Note que mais acima respondemos questão parecida sobre o SciELO. É bom conhecer esses portais.

Força nos estudos!!!

8 comentários

{ 8 comments… read them below or add one }

Tatiana 8 de maio de 2008 às 8:29 am

Ficou ótimo esta nova página, abs.

Antonia Vieira 12 de maio de 2008 às 12:59 pm

Gustavo, Bom dia. estou preocupada com a prova da UFPE, que pretendo fazer. O problema é com a redação (oficial???). É que eu já fiz algumas provas da FCC e da VUNESP que são bem diferentes.
Se vc puder esclarecer ficarei muito grata.

Gustavo Henn 12 de maio de 2008 às 1:10 pm

Olá Antonia!
Bom, a única redação oficial que eu conheço é a redação oficial da presidência da república, que tem manual online e ensina a fazer memorando, ofício e essas coisas. Talvez seja isso.

abs

Antonia 13 de maio de 2008 às 4:40 pm

Obrigada Gustavo, o manual da Presidencia eu já tenho, agora é esperar e treinar funções da profissão em formato oficio, memorando, aviso…

Marcelo 14 de maio de 2008 às 9:18 am

Olá!!!
Vou fazer uma prova aberta da ALMG e estou com dúvida sobre o tema de linguagem documentária. Já fiz uma questão aberta sobre este tema e na ocasião, coloquei que linguagem documentaria é uma linguagem artificial. Gostaria de saber se esta afirmação é correta, e se não for, o que difere uma da outra??? Por favor, ajude-me!!!

Lu 19 de maio de 2008 às 10:03 am

Olá Gustavo, gostaria que você comentasse sobre essas questões aplicadas pela VUNESP. Desde já agradeço! Abraço

1. As obras de referência destinam-se a orientar a busca e não são usualmente lidas na sua totalidade. Analise as “necessidades” abaixo e identifique o tipo de obra de referência que fornece a informação requerida.
Justifique.
a) Descrição dos órgãos que trabalham em um campo, em nível nacional e internacional.
b) Diferentes serviços administrativos de um país.

2. Para atualizar o acervo de uma instituição que passa por limitações financeiras que ações e procedimentos o bibliotecário deve viabilizar?

3. A indexação é uma das formas da descrição do conteúdo dos documentos.
a) Qual é o lugar que ocupa na cadeia documentária?
b) Quais são os seus principais critérios de qualidade?

4. A difusão da informação consiste em transmitir ao usuário a informação que necessita ou fornecer-lhe a possibilidade de obtê-la. Explique as principais formas de difusão dos documentos primários.

5. A avaliação é uma ferramenta que auxilia o bibliotecário a alcançar eficácia e eficiência organizacionais. Diz-se que um sistema de informação cujos procedimentos são considerados corretos apresenta desempenho eficiente. Neste caso, pode-se afirmar que este sistema é necessariamente eficaz?

monica 27 de setembro de 2008 às 10:48 pm

BOA NOITE!
estou respondendo um questionario sobre biblioteca e estou com dificuldades, se vc puder me ajudar ficarei grata.
Questao:
01 – A difusao da informacao consiste em transmitir ao usuario a informacao que necessita ou fornecer-lhe a possibilidade de obte-la.Explique as principais formas de difusao dos documentos primarios.
02 – a indexacao e uma das principais formas da descricao do conteudo dos documentos.
a) qual é o lugar que ocupa na cadeia documentaria?
b) quais sao os seus principais criterios de qualidade?
03 – para atualizar o acervo de uma instituicao que passa por limitacoes financeiras que acoes e procedimentos o bibliotecario deve viabilizar?
Desde já agradeço,
Mônica

CLAUDINHA 20 de março de 2010 às 10:20 pm

Oi, gostaria de saber se todas as provas de faculdade e pré-vestibular tem questoes abertas.
respondam logo a prova será amanhã cedíssimo.
OBRIGADA PELA ATENÇÃO. beeeijoos :*

Leave a Comment